Receba conteúdo florestal grátis toda semana

Energia renovável

A Revalorização da Madeira

Cavacos, briquetes e outras biomassas que geram energia mais limpa
O Brasil busca novas fontes energéticas, que possam aliviar a pressão no sistema atual, mas sejam renováveis e provoquem menor impacto no meio ambiente.
Para José Otávio Brito*, professor de engenharia florestal da ESALQ-USP, a madeira precisa ser melhor aproveitada. Como fonte de energia, demandaria uma política própria de uso, que deveria seguir três aspectos. “É preciso revalorizar o uso desse combustível. Ao mesmo, o setor florestal precisa repensar suas normas”, explica.
Brito foi um dos palestrantes do "Agrisustenta 2014, uma Revolução Tropical no Campo", evento organizado pelo Planeta Sustentável e Exame, em junho deste ano, na sede da ESALQ-USP, em Piracicaba.

O depoimento do professor da ESALQ, junto com diversos outros especialistas, faz parte do livro eletrônico Agrisustenta 2014. A publicação digital gratuita - disponível para computador, tablet e celular, evidencia os pontos de convergência entre agricultura e sustentabilidade.

*José Otávio Brito é engenheiro florestal e professor da ESALQ- USP. Fez pós-doutorado na Université Henry Poincaré, em Nancy, na França, onde trabalhou também como professor associado visitante. Foi ainda Academic Visitor no Imperial College of London, na Inglaterra. Ocupou cargo de diretor executivo do Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais – IPEF (SP). Tem oferecido diversas contribuições e orientações para órgãos e entidades públicas e privadas no Brasil e no exterior.

por: Alinne Santos

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.