Receba conteúdo florestal grátis toda semana

Biomas Brasileiros

Sociedade defende flora e fauna contra o efeito estufa

Uma notícia no começo do mês  (02/04/2015) que é de interesse de nossas profissões, mais como ? Essa é uma questão a ser respondida após ser feita a leitura do texto abaixo.

Divulgação/EBC
A biodiversidade poderá ser uma aliada nas estratégias adaptativas às mudanças climáticas. O Plano Nacional de Adaptação às Mudanças Climáticas (PNA), em fase de elaboração coordenada pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), será colocado em consulta pública no segundo semestre deste ano e deverá conter ações de uso sustentável da fauna e da flora brasileiras no combate aos prejuízos causados pelo efeito estufa.

A inclusão do tema na primeira versão do plano foi sugerida pela sociedade civil. Para isso, pesquisas sobre Adaptação Baseada em Ecossistemas foram apresentadas, nesta quarta-feira (01), às equipes técnicas do MMA. “É preciso unir forças para estimular o tema, inclusive nas esferas subnacionais”, defendeu a diretora de Licenciamento do MMA, Karen Cope.

Forma inteligente

O pesquisador Guilherme Karam, da Fundação Grupo Boticário, apresentou estudo sobre oportunidades para políticas públicas em mudanças climáticas.

“A adaptação baseada em ecossistemas é uma forma inteligente de integrar ações de adaptação com a conservação da biodiversidade”, resumiu Karam. Segundo ele, a prevenção de desastres naturais, a energia e a indústria estão entre os segmentos que podem ser contemplados.

Já a pesquisadora Marina Zanin, do Museu Goeldi, é responsável pelo estudo Impactos dos Cenários Futuros de Mudança do Clima sobre os Biomas Brasileiros.

De acordo com ela, o trabalho teve o objetivo de analisar o fenômeno em diversos ecossistemas brasileiros. “É importante ter uma avaliação de quais os tipos de vegetação mais predispostos aos efeitos das mudanças do clima."

Saiba mais

Ações de adaptação se referem a iniciativas e medidas capazes de reduzir a vulnerabilidade dos sistemas naturais e humanos frente aos efeitos atuais e esperados da mudança do clima. Ou seja, é uma forma de resposta para lidar com possíveis impactos e explorar eventuais oportunidades.

Plano Nacional de Adaptação

O PNA tem como objetivo reunir medidas para a promoção da adaptação à mudança do clima no País, avaliando custo-efetividade, sinergias, co-benefícios e conflitos das medidas consideradas.

O documento está sendo elaborado pelo Grupo de Trabalho Interministerial de Adaptação, criado no âmbito da Comissão Interministerial de Mudanças Climáticas.
A equipe tem o papel de articular instituições que atuam no tema, debater e reunir subsídios técnicos e coordenar os trabalhos de elaboração do plano.

A elaboração de uma estratégia de adaptação envolve, entre outras coisas, a identificação da exposição a esses impactos com base em projeções e cenários climáticos.

Conforme o texto, podemos perceber que alguém em algum momento deverá executar os serviços, seja um Engenheiro Florestal, um Biólogo, um médico Veterinário, alguém que tenha a habilitação para exercer tais coisas como: levantamento de fauna, levantamento florístico, restauração florestal, recuperação de áreas degradadas, conservação do solo e água, entre outros.

Fonte: Ministério do Meio Ambiente

por: Arthur Oliveira

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.