Receba conteúdo florestal grátis toda semana

Agricultura familiar

Sistemas Silvipastoris, Solução Viável ou Somente Teoria ?


Os Sistemas Silvipastoris, tem sido muito amplamente comentados entre as rodas de ambientalistas, engenheiros e agrônomos sem esquecer dos pequenos agricultores e pecuaristas, sobre as vantagens, desvantagens e possibilidades que circundam esse, tema que apesar de antigo ainda traz consigo o ar, de novidade!  Mas o que de fato são os Sistemas Silvipastoris ou SPi's ?

Sistemas Silvipastoril, conceitua-se como uma modalidade de agrofloresta, onde há a interação  de componentes Lenhosos (árvores ou arbustos), componentes Herbáceos (gramíneas e leguminosas) e Animais herbívoros podendo ou não ser para corte. Nessa interação, as Árvores contribuem com produtos e com serviços ambientais, necessários para garantir a sustentabilidade do sistema. podendo ser esse elemento o prioritário no sistema, como no caso da produção de madeira, látex, frutas e celulose, ou como ocorre comumente o produto animal torna-se o prioritário.
a inserção de árvores e arbustos em pastagens de gramíneas pode trazer diversos benefícios para os componentes do sistema. entre eles destacam-se;
  • Conforto para os animais
  • controle de erosão e melhoramento da fertilidade do solo
  • melhor aproveitamento da água das chuvas
  • maiores teores de proteína bruta na forragem sombreada
  • incremento da rentabilidade da propriedade rural, com redução, nos gastos com insumos e algumas vezes com a obtenção e pelo menos dois produtos comercializáveis (leite, carne, madeira, frutas, etc...)
  • aumento e conservação da biodiversidade 
  • proteção dos mananciais de água
  • Aumento da fertilidade do solo
Além de todas essas vantagens mostradas, uma utilização que vem sendo muito adotada para esse sistema, é para Recuperação de Pastagens Degradadas, pois uma das causas mais importantes da degradação de pastagens cultivadas é a baixa disponibilidade de nutrientes no solo, principalmente Nitrogênio, a deficiência de Nitrogênio e outros fatores causadores da degradação das pastagens concorrem para reduzir o crescimento das gramíneas e em estágios mais avançados, para promover o aparecimento de plantas invasoras e de solo descoberto. Nesse ponto uma das vantagens dos sistemas silvipastoris, principalmente dos que utilizam espécies de leguminosas fixadoras de Nitrogênio, está na possibilidade de formar sistemas sustentáveis, diminuindo as chances de um novo processo de degradação.

inegavelmente os SPI's são de fato uma ótima alternativa para sustentabilidade ambiental, podendo ser aplicado em propriedade de pequeno e médio porte, o aporte técnico logicamente necessita de mais estudos, assim como análises constantes de sistemas com mais de 10 anos que são de extrema importância para que obtenhamos dados mais concretos para que se possa ofertar o sistema como alternativa direta aos produtores que tem ainda áreas em pousios longos e sem perspectivas a curto prazo para aquelas terras.





Material de Referência: Margarida M. Carvalho & deise F. Xavier. SISTEMAS SILVIPASTORIS PARA RECUPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PASTAGENS . Cap 22

por: Reure Macena

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.