Receba conteúdo florestal grátis toda semana

Desenvolvimento sustentável

Indicadores de Desenvolvimento Sustentável do Brasil

A edição 2017 dos Indicadores de Desenvolvimento Sustentável está disponibilizada no site do IBGE.

Na publicação é possível acessar tabelas e relatórios de séries temporais de indicadores ambientais, sociais, econômicos e institucionais do Brasil. Os Indicadores de Desenvolvimento Sustentável (IDS) disponibilizados no SIDRA - IBGE objetivam acompanhar a sustentabilidade do padrão de desenvolvimento do país. A apresentação dos indicadores segue o marco ordenador proposto em 2001 e revisto em 2007 pela ONU – Organização das Nações Unidas, que os organiza em dimensões (Ambiental, Social, Econômica e Institucional) e temas. 

No seu conjunto, o IDS é uma das mais importantes fontes de informações sistematizadas sobre os aspectos ambientais, sociais, econômicos e institucionais do desenvolvimento brasileiro. Especialmente em relação às informações ambientais, o IDS se destaca como fonte organizada de dados, onde os mesmos podem ser analisados e relacionados entre si, e com dados sociais, econômicos e institucionais. 

Na plataforma podem ser acessados os dados ambientais, por exemplo, de emissões de gás carbônico, uso de fertilizantes químicos, uso de agrotóxicos, terras sob utilização para fins agropecuários, queimadas, desmatamento e muito mais. No que se refere a categoria social podem ser acessados os dados referentes ao desemprego, rendimento familiar, saúde, educação, habitação, etc. Nos dados econômicos e institucionais podem ser acessados os dados de produção, consumo, reciclagem, produção de lixo, coleta seletiva, legislação ambiental, organização da sociedade civil entre outros.

O melhor de tudo é que é possível montar tabelas personalizadas relacionando dados de categorias diferentes, regiões brasileiras e até a nível municipal. Os dados disponibilizados podem ser utilizados para vários estudos de evolução temporal referente ao desenvolvimento sustentável, com certeza vale a pena conferir. Acesse pelo link abaixo:

por: Leovigildo Santos

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.