Os 5 Maiores Rios do Brasil - Florestal Brasil

Receba conteúdo florestal grátis toda semana

[Rios]

Os 5 Maiores Rios do Brasil

ÁGUA

A hidrografia do Brasil é o conjunto de recursos hídricos do território brasileiro, as bacias hidrográficas, Oceano Atlântico, os rios, lagos, lagoas, arquipélagos, golfos, baías, cataratas, etc. Segundo os órgãos governamentais, o Brasil tem doze grandes bacias hidrográficas.

O país possui uma das mais amplas, diversificadas e extensas redes fluviais de todo o mundo. O maior país da América Latina conta com a maior reserva mundial de água doce e tem o maior potencial hídrico da Terra. Aproximadamente 14% de toda água doce do planeta encontra-se em seu território.

A água potável, ou mesmo água doce disponível na natureza, é bastante restrita, cerca de 97,61% da água total do planeta é proveniente das águas dos oceanos; calotas polares e geleiras representam 2,08%, água subterrânea 0,29%, água doce de lagos 0,009%, água salgada de lagos 0,008%, água misturada no solo 0,005%, rios 0,00009% e vapor d’água na atmosfera 0,0009%.

Diante desses percentuais, apenas 2,4% da água é doce, porém, somente 0,02% está disponível em lagos e rios que abastecem as cidades e pode ser consumida. Desse restrito percentual, uma grande parcela encontra-se poluída, diminuindo ainda mais as reservas disponíveis.

No mundo subdesenvolvido, cerca de 50% da população consome água poluída; em todo planeta pelo menos 2,2 milhões de pessoas morrem em decorrência de água contaminada e sem tratamento. Segundo estimativas, existem atualmente cerca de 1,1 bilhão de pessoas que praticamente não tem acesso à água potável, bem comum a todo ser humano.

OS 5 MAIORES RIOS DO BRASIL

1. Rio Amazonas

O rio Amazonas, com quase 7 mil quilômetros de extensão é o maior do Brasil. Nasce nos Andes do Peru, passa pela Colômbia, e atravessa todo o norte do Brasil até desaguar no Oceano Atlântico. É também o centro de uma vastíssima bacia fluvial que inclui grande parte da floresta da Amazônia, o que faz dele o maior rio do mundo em termos de débito de águas.


2. Rio Paraná

O Rio Paraná é o segundo maior do Brasil, sua formação é a junção do Rio Parnaíba e o Rio Grande (que atravessa praticamente Minas Gerais inteiro), este rio ainda recebe grandes rios como o Rio Tiete (famoso por ser poluído na Região metropolitana de São Paulo). O fim de quase 4 mil km deságua no grande estuário chamado rio da Prata. Além do Brasil, este rio passa por Paraguai, Uruguai e Argentina.


3. Rio Madeira

O rio Madeira fica em terceiro, como o Rio Amazonas, este também nasce na Cordilheira dos Andes, atravessando a Bolívia, onde a sua extensão, tem grande importância geográfica, ao demarcar a fronteira entre Brasil e Bolívia. Após um percurso de mais de 3.300 km desagua finalmente no Amazonas.


4. Rio Purus

O Rio Purus nasce no Andes Peruano e passa pelo Acre, corre no sentido nordeste através da Amazônia, paralelo ao Rio Madeira, desaguando diretamente na margem direita do Solimões. Sua enorme extensão de 3.218 km soma-se à grande variedade de vida que o habita. É, atualmente, um dos principais esforços de conservação na Amazônia, considerando a grande exploração sobre seus recursos.


5. Rio São Francisco

O famoso 'Velho-chico' está na lista, não por que queremos, mas sim por ser realmente o 5 maior rio do Brasil. Suas nascentes são no Estado de Minas Gerais, mais especificamente, nasce na Serra da Canastra. Este rio é um dos mais importantes do Brasil, principalmente para o Nordeste brasileiro. Com mais de 3,1 mil quilômetros de comprimento o rio corre pela Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas. Seu curso termina no desague com o Oceano Atlântico. O velho chico é um dos principais responsáveis pela irrigação e do semiárido brasileiro.


IMPORTÂNCIA

Todos os rios apresentados tem grande importância na economia brasileira, abastecendo inúmeras populações, gerando abastecimento para toda agricultura que os envolve. A preservação dos Recursos Hídricos é de extrema importância, pois a poluição e assoreamento faz com que perdemos esse recurso tão valioso. A proteção das florestas é necessária, pois a falta de chuva pode acabar com qualquer vida, sem água não se tem o que beber ou comer. Plantar árvore, manter a floresta em pé, cultivar sem poluir, isso é plantar água, cultivar a chuva.


Material utilizado para produzir o texto:








por: Arthur Brasil

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.