Receba conteúdo florestal grátis toda semana

[AMAZONIA]

Quais os tipos de florestas existentes no Brasil?



No Brasil, temos certamente uma das maiores variedades de tipos de florestas presentes no mundo, o que eventualmente gera um série de definições e/ou caracterizações equivocadas de determinadas formações vegetais, a exemplo do bioma de Cerrado e da Caatinga, maaaaaas! falaremos desses biomas em outro momento...
Por isso, utilizando como base na definição da FAO, no Brasil, as categorias a seguir  são florestas de distintas características:

Floresta Ombrófila Densa
Antes era conhecida como Floresta Tropical Pluvial. O termo Floresta Ombrófila Densa, substitui Pluvial (de origem latina) por Ombrófila (de origem grega), ambos com o mesmo significado "amigo das chuvas". Uma mata sempre verde com dossel de até 50 metros, com árvores emergentes de até 40 m de altura. Possui densa vegetação arbustiva, composta por samambaias, bromélias, palmeiras e trepadeiras.

Floresta Ombrófila Aberta
É considerada uma área de transição entre a floresta amazônica e as regiões extra- amazônicas. Tem como principais características o maior espaçamento entre as árvores, daí a origem do nome. Chega a passar um período anual de mais de 60 dias sem chuvas.

Floresta Ombrófila Mista
Também conhecida como Mata-de-Araucária, Floresta com Araucária ou Pinheiral. Seu ecossistema é caracterizado por chuvas durante o ano todo, normalmente em altitudes elevadas, que contém espécies de angiospermas e coníferas.


Floresta Estacional Semidecidual
Classificadas anteriormente como florestas tropicais subcaducifólias, são resultado de ambientes menos úmidos do que aqueles onde se desenvolve a floresta ombrófila densa, com chuvas intensas de verão, seguidas por um período de estiagem. Floresta típica do ambiente entre a zona úmida costeira e o ambiente semiárido, apresenta como característica importante uma razoável perda de folhas (decídua) no período seco, em metade das árvores que a compõe.

Floresta Estacional Decidual
Também chamada Floresta Estacional Caducidófila, compreende grandes áreas descontínuas entre a Floresta Ombrófila Aberta e a Savana; a Savana-Estépica e a Floresta Estacional Semidecidual; e, entre a Mata-de-Araucária e a Estepe. Se assemelha à Floresta Estacional Semidecidual, mas a decídua no período seco supera 50% das árvores que a compõem.

Campinarana Florestada
A Campinarana Florestada é um tipo particular de vegetação presente em fragmentos florestais onde o solo é raso, pobre e rochoso e em áreas planas e alagadas. Apresenta formações de bambus e árvores de médio porte com troncos irregulares que atingem cerca de doze metros de altura.







Savana
A formação florestal típica do Cerrado, também conhecida como Cerradão e Campo-Cerrado. Suas árvores podem alcançar até 15 metros de altura e se agregam em linhas, formando galerias, daí o nome "Mata de Galeria". As árvores têm folhas reduzidas, muito absorventes e conservam bastante água para suportar períodos de seca.



Savana Estépica
A formação florestal típica da Caatinga é caracterizada por árvores de 5 a 7 metros de altura, com grossos troncos e galhos bastante ramificados, espinhosos. Elas perdem por completo suas folhas nas épocas secas.

fonte: Brasil Escola

por: Reure Macena

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.