Startup formada por Eng. Florestais da UFAM é selecionada em programa do Sebrae Amazonas - Florestal Brasil

Receba conteúdo florestal grátis toda semana

[TECNOLOGIA]

Startup formada por Eng. Florestais da UFAM é selecionada em programa do Sebrae Amazonas

A Sstartup “Seed Restauro”, integrante do projeto Banco de Sementes da Amazônia da Faculdade de Engenharia Florestal da Ufam, foi uma das 40 selecionadas pelo Programa Startup Amazonas promovido pelo Sebrae/AM. O Startup Amazonas é um programa de desenvolvimento para ideias inovadoras e tem o propósito de impulsionar a criação de startups de tecnologia no Estado do Amazonas.

O professor Manuel de Jesus Lima Júnior, que dirige o Centro de Sementes Nativas do Amazonas (CSNAM), laboratório vinculado ao Departamento de Engenharia Florestal da Universidade Federal do Amazonas, orientou todo o trabalho de criação da startup. Ele explica que a Seed Restauro permitirá a instrumentalização dos empreendimentos do Banco de Sementes da Amazônia.

“A startup Seed Restauro será uma grande parceira na comercialização de sementes florestais qualificadas pelo Banco de Sementes da Amazônia. Nesse momento, também é importante destacar todo o apoio da reitoria e do departamento de engenharia florestal, os quais têm sido fundamentais para o sucesso do empreendimento e para a incrementação tecnológica na Universidade Federal do Amazonas”, ressaltou Lima Júnior.

Parceria

O engenheiro florestal Laerte Nogueira, responsável pela Startup Seed Restauro, afirma que o Centro de Sementes Nativas do Amazonas da Ufam é o grande incentivador dessa ideia de oferecer produtos e serviços para a restauração florestal na região.

“A Seed Restauro pretende utilizar das tecnologias habilitadoras para favorecer e facilitar a oferta de produtos e serviços para a restauração florestal na região, além de oferecer know how técnico que possa ser utilizado em outras regiões do Brasil. Nesse processo, o Centro de Sementes Nativas do Amazonas (CSNAM) é um grande parceiro”, declarou o gestor da startup.

por: Lucas Monteiro

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.